Prótese peniana: Sensibilidade e temperatura do pênis após implante

Protese_peniana_Sensibilidade_e_temperatura_do_penis_apos_implante.001

A disfunção erétil é um problema que pode acontecer com homens das mais variadas idades e a busca por um tratamento eficiente é essencial para a retomada da vida sexual e autoestima do paciente. Em alguns casos a condição acontece por uma disfunção hormonal, e o tratamento clínico com remédios e injeções pode ser o suficiente para resolver o problema. Mas quando a dificuldade de ereção está relacionada a uma doença mais séria, como a Doença de Peyronie ou consequências do câncer de próstata, o implante de prótese com a reconstrução peniana pode ser a solução mais indicada para devolver, não só a rigidez, mas também o tamanho e calibre do pênis necessários para a penetração.

Já comentei sobre a real função da prótese peniana e também as vantagens e desvantagens de colocar uma. Mesmo sabendo que a intenção é recuperar a vida sexual e o prazer do paciente, há ainda um certo receio por parte de alguns homens neste tipo de tratamento. É por isso que esse post está aqui, para acabar com qualquer tipo de preconceito ou equívoco sobre o implante. Como já citei que a prótese peniana não afeta o orgasmo nem a ejaculação e que seu processo de colocação é seguro, simples e eficiente, explico agora como garantir que a sensibilidade e temperatura do pênis após o implante também continuem da mesma forma que sempre foi.

Antes de seguir adiante, vale lembrar que só a avaliação completa de um especialista vai detectar a real causa da disfunção erétil e as soluções para acabar com esse problema. O implante de prótese é uma dessas soluções e ela pode ser a sua aliada, sim. O seu médico deve cuidar para que todas as funções penianas sejam mantidas e, então, a única coisa que mudará em sua vida depois da prótese será a sua satisfação.


A temperatura do pênis muda após a prótese?

Uma preocupação constante dos pacientes que precisam de uma prótese é se o pênis vai ficar frio, como se fosse um membro artificial. Se alguém já comentou isso com você, saiba que é um mito.

O que confere a temperatura peniana é a quantidade de sangue que circula dentro do seu amigão durante a ereção. E para manter o sangue circulando após a prótese é preciso conservar as estruturas internas do membro, também conhecida como esponja ou corpo esponjoso.

Um procedimento feito com os cuidados necessários não afetará esta parte responsável pela passagem do sangue, pois os cilindros do implante devem ser colocados sem prejudicar esse caminho. Veja um vídeo onde explico o assunto de maneira mais ilustrativa.


A prótese afeta a sensibilidade peniana?

A glande, mais popularmente conhecida como cabeça do pênis, é a parte mais sensível do órgão sexual masculino. Isso porque ela é composta por inúmeras terminações nervosas, também conhecidas como feixe de nervos ou feixe neurovascular, e por isso é uma região que dá bastante prazer ao homem. E sabe o que muda após o implante da prótese? Nada.

Isso mesmo, independente do tipo de prótese escolhida, o dispositivo, quando bem colocado, não rompe nenhum nervo do pênis e, consequentemente, não interfere nos padrões de prazer, orgasmo e ejaculação do paciente.

 

A importância da reconstrução peniana

Além dos cuidados necessários para não afetar a temperatura nem a sensibilidade do pênis ao colocar uma prótese, outro aspecto deve ser levado em consideração para a melhor satisfação do paciente.

Ao ser identificada a necessidade de colocar uma prótese, é importante verificar, também, se houve alguma diminuição do pênis para que este tamanho seja recuperado. Nestes casos, a reconstrução é feita no mesmo momento do implante e, nessas horas, vale levar em consideração a experiência do médico nesta prática para medir o tamanho dos nervos e da uretra. Isso é o que irá determinar o limite da recuperação de tamanho, assim como irá manter o pênis nas mesmas condições em que ele estava antes da disfunção erétil.

Colocar uma prótese pode parecer algo estranho e você pode até pensar que ela vai deixar o seu pênis com uma aparência e funcionalidade artificial. Mas como pode ver neste post, não há nada que se relacione com isso. Os cuidados necessários para resolver problemas de disfunção erétil são feitos com o principal objetivo de fazer o homem retomar a sua vida sexual com o mesmo vigor de quando era jovem, porém com a vantagem da experiência adquirida depois de alguns anos de prática. Pense nisso, largue o preconceito de lado e resolva a sua vida.

Depois desses esclarecimentos, tenho certeza que você está mais tranquilo sobre o implante de uma prótese peniana. Com os cuidados e procedimentos corretos, o seu pênis continuará com as mesmas funções e manterá, além da sensibilidade e a temperatura, a capacidade de ejacular e ter orgasmos.

Agora se você tinha dúvidas sobre colocar ou não uma prótese para resolver a dificuldade de ereção, acredito que não há mais motivos para se preocupar depois deste post.

É claro que outras dúvidas sobre o assunto sempre vão surgir. Por isso te convido a preencher este formulário de pré-análise da disfunção erétil para iniciarmos uma conversa rumo ao seu tratamento.

RECEBER PRÉ-ANÁLISE

Dr. Paulo Egydio

MD, PhD, Referência Mundial no Tratamento da Doença de Peyronie, Pênis Curvo e Implante de Próteses Penianas. Doutor em Urologia pela USP, CRM 67482.





Inscreva-se no blog