Problema de ereção tem tratamento sempre!

bridge-1031545.jpgNos casos em que não conseguimos acabar com a disfunção erétil usando comprimidos ou injeções, o mais recomendável é o implante de próteses penianas, que, com toda certeza, irão resolver o problema. Ou seja, problema de ereção tem tratamento sempre; basta procurar ajuda especializada.

O pênis também pode diminuir de tamanho ao longo da vida! A disfunção erétil associada à fibrose no pênis pode levar a uma diminuição do tamanho peniano, que deve ser diagnosticada antes de qualquer procedimento cirúrgico. Isso é importante porque o implante peniano, isoladamente, não recupera o tamanho do pênis, apenas oferece a rigidez suficiente para o ato sexual. A identificação da redução do tamanho do pênis antes do implante é fundamental para a satisfação do paciente. Ou seja, uma vez identificado o pênis menor, a reconstrução cirúrgica dos corpos cavernosos para recuperar o tamanho e o calibre deve ser associada ao implante das próteses para o bom resultado da cirurgia.

Os implantes de prótese peniana são feitos de silicone e colocados um de cada lado do pênis. Não afetam a uretra e garante que a esponja dos corpos cavernosos fique preservada o máximo possível. Como o implante da prótese peniana é feito internamente, por fora ficará apenas uma discreta cicatriz da incisão. A cirurgia não tem grandes complicações; é feita com anestesia local e sedação. O paciente operado sai no mesmo dia do hospital.

Os implantes servem como complemento de firmeza ao pênis. A sensibilidade do órgão é preservada, assim como o orgasmo e a ejaculação. A prótese age como uma viga de sustentação; o resto da ereção depende do estímulo sexual e do bombeamento de sangue.
Dr. Paulo Egydio

MD, PhD, Referência Mundial no Tratamento da Doença de Peyronie, Pênis Curvo e Implante de Próteses Penianas. Doutor em Urologia pela USP, CRM 67482.





Inscreva-se no blog