Sintomas da Curvatura de Peyronie: quando buscar um especialista?

em 12/mar/2018 18:27:38

Sintomas da Doença de Peyronie-quando devo buscar um especialista.pngwidth=

Já sabemos que um dos motivos do pênis ficar torto é a curvatura peniana adquirida, também conhecida como Doença de Peyronie. Ela pode ser causada por uma fissura ocorrida durante a relação sexual, fatores hereditários ou predisposição à formação de cicatrizes. No entanto, muitos homens só buscam tratamento quando a curvatura já se encontra em um estágio avançado e dificulta ou atrapalha bastante na relação a dois.

Por esses motivos é importante entender quais são os sintomas da Doença de Peyronie. Neste post você vai saber como identificá-los.

 

A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE

A Doença de Peyronie tem cura, mas ela pode ser amenizada ou até mesmo evitada. Basta seguir algumas precauções. 

Para começar, é importante que o homem entenda a necessidade de realizar consultas periódicas com o urologista desde a sua adolescência. Este hábito contribui para uma boa orientação sobre o início da vida sexual, ajuda na identificação de descontroles hormonais e possíveis problemas de ereção, uma das maiores causas da curvatura peniana adquirida.

Como isso normalmente não acontece, o paciente já chega com graves queixas. E já que ele não foi aconselhado por um profissional sobre as formas de tratar o estágio inicial da doença, alguns hábitos e atitudes equivocados contribuem para agravar o caso e trazem desconfortos físicos maiores, podendo até afetar o psicológico e a autoestima do paciente.

Quando diagnosticada no início, o controle da curvatura de Peyronie pode ser feito com o uso de medicamentos e o acompanhamento dos resultados durante um período médio de 6 meses. Saiba mais sobre as fases da doença de Peyronie e quando o tratamento cirúrgico é necessário.

Para aqueles que querem se prevenir, a minha sugestão é que fiquem atentos aos sintomas da Doença de Peyronie. Ao notar qualquer sinal procure ajuda médica para aumentar as chances de um tratamento eficaz.

 

PRINCIPAIS SINTOMAS DA DOENÇA DE PEYRONIE

Antes de falar sobre os sintomas, eu tenho uma pergunta pessoal para te fazer: como vai a sua vida sexual? Se tudo está indo bem e nenhuma dor ou incômodo te impossibilita de realizar o ato, fique atento à saúde e anatomia do seu pênis de forma preventiva. Busque um urologista para fazer exames periódicos e garantir que não há nada errado.

Mas se você não consegue realizar uma penetração de forma confortável e vem sentindo uma piora gradativa, tanto no sexo quanto em um dos sintomas que irei explicar, é indicado que busque um especialista no tratamento dos diferentes tipos de Curvatura Peniana. Caso precise, estou aqui para lhe ouvir. Preencha o formulário e tire as suas dúvidas.

A seguir falo mais sobre os sintomas:

 

Nódulos palpáveis ou caroço no pênis

A presença de nódulos no pênis pode indicar a formação de tecido de cicatriz, também conhecido como fibrose peniana. As placas superficiais podem ser percebidas por meio da palpação e se formam normalmente na parte superior do pênis, mas também podem ocorrer na parte inferior ou dos lados. Fique atento se elas aparecerem.

Por outro lado, situações como fibroses mais profundas podem formar uma espécie de caroço no interior do pênis. Muitas vezes elas só são identificadas após um exame detalhado dos corpos cavernosos, estruturas internas do pênis responsáveis pela ereção.

 

Diminuição, afinamento ou acinturamento do pênis

Seja usando a mão ou medindo a distância em relação ao umbigo, é possível notar quando há uma mudança alarmante na anatomia do membro, como a redução do tamanho, da espessura ou o seu afinamento.

Se isso acontecer, deixe a vergonha de lado e busque ajuda médica. Tenha em mente que o quanto antes o problema for diagnosticado, maior a chance de retomar uma vida sexual saudável e satisfatória.

Se você tiver alguma dúvida sobre o assunto, aprenda a identificar se o seu pênis está diminuindo de tamanho.

 

Dor no pênis durante a ereção

Sentir dor no pênis durante a ereção não é normal. Se isso acontece com frequência pode ser o indício de uma situação mais grave. Há grandes possibilidades de você estar na fase inflamatória da Doença de Peyronie e a consulta com um urologista pode identificar o problema para trazer as orientações necessárias.

 

Curvatura peniana acentuada

Caso a curvatura evolua e impossibilite o sexo, seja por problemas de ereção, quando o pênis dobra durante a penetração, escapa com facilidade ou limita à movimentos curtos durante o vai e vem, vá direto à um especialista.

Se ela provocar dores em você ou na sua parceira(o), isso também é um indicativo que a saúde do seu amigão não vai bem. Normalmente a curvatura peniana traz problemas quando está acima de 30 graus.

 

Disfunção erétil

Problemas com a ereção não são apenas um indicador da Doença de Peyronie, também podem ser a causa dela. Quando o pênis não está rígido o suficiente na hora da penetração, ele pode sofrer traumas que se transformam em um nódulo e evoluem para a curvatura peniana adquirida. Caso o paciente já tenha a Doença de Peyronie, a ereção será dificultada e a curvatura poderá se agravar ainda mais.

Agora que você conhece os principais sintomas que podem indicar a Doença de Peyronie e como eles estão interligados, por que não procurar ajuda de um especialista para avaliação? A orientação de um profissional vai te ajudar a acompanhar, tratar a doença e tirar as suas dúvidas sobre o funcionamento do pênis. Lembre-se, o diagnóstico precoce é tão importante quanto a solução do problema. 

Para receber mais informações sobre a Doença de Peyronie e um estudo personalizado do seu caso, preencha o formulário de pré-análise e assim podemos iniciar uma conversa rumo ao tratamento.
 

RECEBER PRÉ-ANÁLISE

Dr. Paulo Egydio

MD, PhD, Referência Mundial no Tratamento da Doença de Peyronie, Pênis Curvo e Implante de Próteses Penianas. Doutor em Urologia pela USP, CRM 67482.





Inscreva-se no blog