Doença de Peyronie | Tratamento sem Cirurgia

POR Dr. Paulo Egydio

Doença de Peyronie | Tratamento sem Cirurgia

A Doença de Peyronie tem alguns tratamentos não cirúrgicos que podem solucionar o problema do paciente. Para que você fique ciente a respeito destes tratamentos, preparei uma série de três vídeos e blogs explicando  quais são estes tratamentos e em quais casos são utilizados.

Neste blog você irá conhecer a solução para a Doença de Peyronie através do tratamento medicamentoso.

O que é a Doença de Peyronie

Descrita pelo médico francês François de La Peyronie, em 1943, a Doença de Peyronie é uma doença cujo a principal característica é a deformidade peniana, através do surgimento de fibroses que resultam na tortuosidade, encurtamento e afinamento do órgão.  

Fibrose Superficial

Imagem: © Egydio Medical Center - Todos os direitos reservados

Existe remédio para a Doença de Peyronie? 

O tratamento clínico para a Doença de Peyronie é realizado durante os primeiros sintomas da doença. Por isso, aconselhamos sempre que nossos pacientes busquem orientação médica assim que perceberem que há algo errado com a fisionomia do seu pênis. Assim, podem fazer uso do tratamento medicamentoso. 

Caso o paciente não busque ajuda nos primeiros sintomas da Doença de Peyronie, a tortuosidade pode se acentuar e o tratamento indiciado passa a ser o cirúrgico. 

O remédio para Peyronie funciona? 

Os tratamentos medicamentosos não garantem o funcionamento ideal em todos os pacientes. Ou seja, os remédios podem funcionar em alguns pacientes e não funcionar em outros. Por isso, reforçamos o conselho: Caso tenha percebido mudanças na fisionomia do seu pênis ou sinta dores busque ajuda. 

Escrevi um E-book sobre Doença de Peyronie com tudo o que você precisa saber sobre a doença. Para acessar clique aqui. 

Para que serve os remédios de Peyronie? 

Quando o paciente está no começo da doença, apresentando os primeiros sintomas, o tratamento clínico medicamentoso é prescrito com a intenção de buscar a estabilidade da doença. Ou seja, evitar que a tortuosidade e os demais sintomas evoluam.

O tratamento medicamentoso também tem a função de prevenir que a Doença de Peyronie prejudique a qualidade de penetração do paciente e os escapes que podem resultar em mais fibroses. 

Logo, o tratamento clínico é indiciado para garantir o bom funcionamento do pênis apesar da tortuosidade causada pela Doença de Peyronie. 

Abaixo você encontra um vídeo onde explico como o tratamento medicamentoso pode ajudar o paciente nos primeiros sintomas da Doença de Peyronie. Assista: 

Doença de Peyronie | Tratamento sem Cirurgia-1

Se você percebeu que a fisionomia do seu pênis está diferente ou tem sentido dores na ereção, nos envie uma mensagem no WhatsApp ou preencha o formulário no site. Teremos o prazer em atendê-lo com discrição e segurança.

ENVIAR UM WHATSAPP

Dr. Paulo Egydio

MD, PhD, Referência Mundial no Tratamento da Doença de Peyronie, Pênis Curvo e Implante de Próteses Penianas. Doutor em Urologia pela USP, CRM 67482.

INSCREVA-SE NO BLOG