Prótese peniana: Saiba tudo sobre o dia da cirurgia

POR Dr. Paulo Egydio

hdajdas

A prótese peniana é um implante colocado no interior do pênis para auxiliar a capacidade penetrativa. Ou seja, a prótese evita que o pênis dobre ou escape com facilidade durante a relação sexual e também pode ser usada para tratar a impotência sexual em alguns homens em homens que não tiveram resposta com o tratamento oral e injetável.

Visando maior satisfação com o resultado do procedimento, é necessário realizar todo o acompanhamento médico, assim a prótese mais indicada poderá ser escolhida. Além disso, o paciente deve seguir todas as recomendações para que o dia cirúrgico seja bem sucedido.

Mas, afinal, como se preparar para esta cirurgia? Todo o processo é iniciado durante o pré-operatório, onde o paciente passa por uma avaliação e realiza uma série de exames, como: exames de sangue, urina, cardiológicos, etc. 

Toda essa avaliação mostra se o paciente está saudável ou se possui alguma condição pré-existente que possa impactar diretamente a cirurgia.

Durante a avaliação, o médico e o paciente escolhem o cilindro mais adequado para o pênis, seja ele o semi rígido ou o hidráulico. Esta escolha é baseada através da anatomia do homem, condições da fibrose, fabricante e modelo da prótese.

É necessário estar de jejum?

O homem precisa cumprir um jejum de, no mínimo, oito horas antes do ato cirúrgico. O paciente pode entrar na parte de manhã para fazer a cirurgia e receber todo o cuidado do especialista. 

Para o procedimento ser realizado, é necessário aplicar uma anestesia. No entanto, em quase todos os casos, a anestesia é local.

Além da anestesia, é possível dar sedação para que o paciente tenha um sono leve durante o procedimento.

Como é utilizada a anestesia local, ao acordar o paciente não está com as pernas imobilizadas. Ou seja, a anestesia também não bloqueou a bexiga, algo que geralmente acontece em anestesias gerais. 

Como a cirurgia é feita?

Durante a preparação, é feita a raspagem dos pelos e a higienização com antissépticos na sala cirúrgica. Após este processo e com o homem dormindo, a anestesia local é aplicada para que a cirurgia seja iniciada.

O processo dura em torno de 2 a 3 horas, mas o tempo exato pode ser modificado de acordo com diversas variáveis relacionadas ao modelo de implante escolhido e ao grau de complexidade da cirurgia. No caso de um implante simples, sem reconstrução, a cirurgia tende a ser mais rápida e pode ser realizada em até uma hora.

Quando recebo alta? 

Caso o procedimento seja, de fato, realizado durante a manhã, o paciente geralmente tem alta durante a tarde e poderá seguir a vida normalmente, pois não é utilizado nenhum tipo de sonda após a cirurgia. 

Então, a alta geralmente é programada para que seja à tarde, se a cirurgia for feita de manhã, e à noite, se for realizada de tarde.

Preciso ter acompanhante?

O paciente pode escolher ter ou não um acompanhante, é opcional. Além disso, alguns hospitais exigem a presença de uma pessoa para acompanhar o procedimento, mas a maioria não.

Como funciona o pós-operatório?

O homem será acompanhado pelo médico nos dias seguintes à cirurgia e, depois de ser constatado que está seguro, o monitoramento pode ser feito à distância e com algumas idas presenciais ao consultório para eventuais dúvidas sobre o implante. O acompanhamento pós-operatório é individualizado e muda de paciente para paciente, pois cada corpo reage de uma forma.

gjgj

Na maioria dos casos, os homens são liberados para voltar a trabalhar em torno de cinco a sete dias após o procedimento. Contudo, se for um trabalho muito pesado e que exija mais esforço, é possível que o período seja estendido.

Em seguida, cerca de um mês depois, o paciente é liberado para realizar atividades físicas como academia e caminhadas longas, já que os pontos são feitos com fios absorvíveis - que se absorvem sozinhos por volta de um mês.

Se a absorção desses fios for boa e as cicatrizes estiverem totalmente fechadas, o paciente poderá ser liberado para atividade sexual entre trinta a sessenta dias após a realização da cirurgia. 

No entanto, como falado anteriormente, cada pós-operatório é diferenciado e pode exigir um tempo maior ou menor. Para que essa duração seja determinada, é importante que tenha um acompanhamento médico. 

Ainda tem dúvidas sobre o antes e depois do implante da prótese peniana? Você pode deixá-las aqui nos comentários ou acessar o meu e-book completo sobre o assunto.

Assista ao vídeo abaixo e veja o vídeo do Dr. Paulo Egydio falando sobre o dia da cirurgia de prótese peniana:Dia da Cirurgia de Prótese Peniana

Compartilhar com o urologista as suas questões sobre impotência sexual ou disfunção erétil é fundamental para receber o tratamento adequado e, ainda, retomar a saúde sexual. 

ENVIAR UM WHATSAPP

A estratégia cirúrgica publicada pelo Dr. Paulo Egydio, conhecida como Egydio’s Technique, faz parte das diretrizes da Associação Americana de Urologia (AUA), Associação Canadense de Urologia (CUA)Associação Européia de Urologia (EAU).

LEIA MAIS

Para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido na clínica pelo Dr. Paulo, confira:

Dr. Paulo Egydio

MD, PhD, Dedicado no Tratamento da Doença de Peyronie, Pênis Curvo e Implante de Próteses Penianas. Doutor em Urologia pela USP, CRM 67482, RQE 19514. - Vencedor do Debate do Sobrevivente da AUA em 2019.

INSCREVA-SE NO BLOG