Qual é o limite da expansão peniana? Saiba mais sobre o limite dos nervos

POR Dr. Paulo Egydio

BI-limite-nervos-cirurgia-peniana

Quem acompanha este blog frequentemente se depara com uma frase que gosto bastante de ressaltar: a reconstrução peniana pode ser feita até o limite dos nervos, vaso e uretra. Ao ler isso, você deve ter curiosidade em saber na prática, quantos centímetros dá para aumentar, certo?!

Primeiro, temos que esclarecer que aumento peniano não é a expressão correta. 

Em casos em que o homem apresenta algum tipo de deformidade peniana, originada por doenças como Doença de Peyronie, o membro se retrai. 

O que a cirurgia realizada com múltiplas incisões de relaxamento faz é reconstruir o pênis, buscando recuperar ao máximo suas dimensões antes de ser acometido pelo problema, tanto em relação ao tamanho quanto ao calibre peniano.

Isso permite implantar uma prótese que ofereça a rigidez vertical necessária para que o ato sexual ocorra. Inclusive,  sabia que a rigidez ideal é um fator chave para que os homens tenham uma melhor satisfação sexual?  Confira neste estudo publicado no Journal of Sexual Medicine.

A expansão do tamanho mencionada é possível justamente até o limite dos nervos. 

 Para que servem os nervos?

Antes de entender como aumentar o pênis que deformou, vamos dar um passo atrás e saber mais sobre a função dos nervos. 

Os nervos fazem parte do nosso sistema nervoso periférico. Eles são feixes de fibras nervosas, envoltas por tecido conjuntivo, e garantem a comunicação entre o sistema nervoso central e os órgãos e membros do corpo, como o pênis, conferindo movimento e sensibilidade a eles.

Existem nervos com fibras aferentes e eferentes. As primeiras têm a missão de levar as informações que o corpo obtém do meio externo, como o toque da(o) parceira(o), e de seu interior até o sistema nervoso central. 

Já as  fibras eferentes, por sua vez, garantem que os estímulos do sistema nervoso central cheguem até os órgãos. É assim que acontece a erotização, que vai permitir que o membro se pressurize e obtenha a ereção necessária ao ato sexual.

Logo, manter a integridade dos nervos durante a cirurgia é essencial para uma boa qualidade de vida sexual masculina. 

Afinal, qual é o limite dos nervos?

A resposta para essa pergunta é individual, pois depende da anatomia de cada paciente. O cirurgião só poderá saber durante a cirurgia.

Através da experiência que adquiri ao longo dos últimos 20 anos de profissão, percebi que quanto maior a curvatura, maior a expansão. Veja os exemplos abaixo. 

Limite dos Nervos 1Foto 1. Exemplo dos nervos retraídos em um pênis com curvatura de 30º. 

Limite dos Nervos 2Foto 2. Exemplo dos nervos retraídos em um pênis com curvatura de 45º. 

Limite dos Nervos 3Foto 3. Exemplo dos nervos retraídos em um pênis com curvatura de 90º. 

Embora os exames pré-operatórios sejam essenciais para determinar a estratégia cirúrgica que será adotada, com a tecnologia que a medicina dispõe hoje, eles ainda não são capazes de responder a essa pergunta. 

O que podemos constatar com antecedência, em conversas com o paciente e com a indução da ereção, é que o seu pênis está diminuído, afinado e/ou curvo. 

Para saber quantos centímetros dá para aumentar um pênis que retraiu devido a doenças que comentamos antes, é preciso realizar a cirurgia. Por quê?

Existe uma capa que envolve o cilindro peniano, e é ela que contém os nervos que dão sensibilidade à glande.

Na hora da cirurgia, esses nervos são soltos do cilindro. Primeiro, o cirurgião trabalha na túnica albugínea, realizando o seu alongamento até que esse feixe fique esticado em seu tamanho máximo. É nesse momento que descobrimos o limite anatômico possível de alongamento para aquele paciente.

Pênis operado x não operado

O limite dos nervos e vasos será diferente em um pênis virgem - que não foi submetido a nenhuma cirurgia - e em um pênis que já passou por algum tipo de operação antes. 

Todo tecido e nervo manipulados cirurgicamente podem perder elasticidade em tamanho.

Na cirurgia em um pênis previamente mexido, a dimensão potencial que o pênis possui pode não ser totalmente devolvida justamente porque o tecido já foi alterado anteriormente. 

O ideal para se obter o melhor tamanho possível até o limite desses nervos é evitar reoperações.

O tratamento das fibroses e a reconstrução peniana preferencialmente devem ser feitos em uma primeira cirurgia, quando os tecidos ainda não foram manipulados. 

Caso queira saber mais sobre esse limite, assista ao vídeo que publiquei no meu canal do YouTube. Clique aqui para assistir!Qual é o limite dos nervos?

Se você ainda tem dúvidas sobre o limite dos nervos, entre em contato comigo e minha equipe. Temos canais de comunicação em nosso site, WhatsApp ou redes sociais. Teremos o maior prazer de esclarecer e responder suas perguntas sobre quantos centímetros dá para aumentar e outros tópicos. 

ENVIAR UM WHATSAPP

LEIA MAIS

Para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido na clínica pelo Dr. Paulo, confira:

Dr. Paulo Egydio

MD, PhD, Dedicado no Tratamento da Doença de Peyronie, Pênis Curvo e Implante de Próteses Penianas. Doutor em Urologia pela USP, CRM 67482, RQE 19514. - Vencedor do Debate do Sobrevivente da AUA em 2019.

INSCREVA-SE NO BLOG